20 de jul de 2010

A reforma na família (parte 2)

Depois que os ânimos se acalmaram (entenda o caso em http://goo.gl/b/vgVO), o que se viu foi uma grande festa na Mooca. Ao menos para o trio de irmãos: Fernanda, Flavio e Fabio. É uma das lembranças mais marcantes da minha pré-adolescência.

Com o deslocamento de toda mobília, ficamos diante de um cenário aventureiro. Armários viraram esconderijos, estrados foram transformados em brigadas, camas na sala se tornaram atração e quartos pelados foram inaugurados como arena de esportes.

Além disso, participamos ativamente da reforma. O pedreiro gente boa (Roberto, se não me engano) deixava a gente cortar o piso frio – confesso que inutilizei algumas peças com a minha canhota desprovida de qualquer habilidade. No final do dia, quando as obras paravam, lá íamos mexer no pincel de pintar parede, esticar ao máximo a trena e fazer testes com a régua de prumo.

Quando a reforma finamente acabou, eu e meus irmãos nos sentimos um pouco responsáveis pelo sucesso do projeto. E quando voltamos à rotina, aos nossos quartos e aos espaços tradicionais, restou uma ponta de saudade. Como quem retorna de férias e lamenta pelo fim da brincadeira.

6 comentários:

Sonia disse...

Como essas lembranças gostosas deixam saudade e as lembranças ficam pra todo o sempre. Só faltou o amém, mas isso não vem ao caso agora, vamos deixar pra uma outra vez kkkk

Cléo disse...

Nunca vou me esquecer qd sua cômoda foi parar no corredor, c/ as gavetas voltadas p/ a parede e vc querendo ir p/ o futebol de salão c/ a camisa do Palmeiras. Lembro que falei que vc ía c/ a que a minha mão conseguisse pegar. Boas recordações hein? Bjs

Fernanda disse...

Vc só esqueceu que eu quase morri de asma brônquica com tanto pó e precisei me mudar para o apartamento da Vó Mercedes lembra?
Além disso, lembro que o filho do pedreiro roubava nossos Yakults na geladeira e ainda jogava as embalagens pela janela e caia na vizinha do 1 andar.
A gente brigou muito e tomou muita bronca até descobrirmos o verdadeiro vilão da história!!
Mesmo assim, muitas saudades dessa época!

PHdiBH disse...

Mas virou uma reunião familiar isso aqui! rsrs
Mto legal as histórias...e curiosíssimo saber q o casal se conhece desde...a adolescencia? É isso??
Abraços

Amanda B Ansaldo disse...

PHdiBH, naaaaaaoooo a gente se conheceu trabalhando juntos na X Press... que por sinal a pouco tempo tb passou por uma reforma! Qualquer hora a gente conta isso aqui tb!!

Flavio Monaco disse...

Cara, era muito boa aquela época da reforma na Mooca. Lembro que de alguma maneira meio torta (sentado na cômoda talvez?) eu assistia, religiosamente, ao "Mundo de Beakman" na TV Cultura e depois à Quatro Por Quatro na Globo. Sem contar que era a época de ouro, da segunda academia do Verdão! Comemorei o bicampeonato brasileiro de 94 cheirando muita poeira! Foi incrível! Hahaha