21 de out de 2010

Dificuldade

Mas a reforma nem começou e eu já estou falando em dificuldade? É exatamente essa a dificuldade: começar a reforma. Cada dia que passa notamos mais que o apartamento está "pequeno demais para nós quatro". Precisamos urgentemente começar a reforma, mas, para isso, a primeira coisa que precisamos fazer é vender o apartamento da praia. De novo essa história? Sim, de novo.

O tempo passa, a nenê cresce, os brinquedos parecem se multiplicar a cada minuto e o armário embutido que era só meu hoje é dividido com o Fabinho e a nenê. Já viu mulher que perde espaço no armário ficar feliz? É impossível, mas aceito e vou levando, afinal não tem outro jeito.

O Ricardo Petrenko já fez um projeto super legal para a reforma, já escolhemos mais ou menos as coisas que queremos fazer e como será nossa vida durante o período de quebra e arruma. E ai vem a sensação de mãos atada. É como ter uma caixa de bombons na mão, mas só ficar olhando e convivendo com aquela caixa... sem poder comer. E é por esse motivo que nos últimos dias a gente tem postado menos. Estamos ficando chateados, incomodados, irritados... com essa demora.

2 comentários:

Cléo disse...

Valeu pelo desabafo, mas infelizmente não tem outro jeito a não ser esperar. Bjs

Anônimo disse...

ñ sei se vc acredita mas já tentou ajuda espiritual?As x a questão da venda do imóvel ta ligado a isso!O johrei p ex vai falar q isso esta ligado aos seus antepassados, enfim é uma coisa longa n caberia aqui
sou leitora do blog e torço p q vc consiga vender e se quiser posso te dar alguns conselhos e ensinamentos
nessas hrs a gente se apega a tdo né?
rs rs..
abcs