11 de jan de 2011

Construção - A Nossa

Uma das músicas que mais gosto do Chico Buarque é Construção. Nada mais apropriado para o momento, não? Fiz uma breve paródia de um trecho da canção. Afinal, os dias de poeira estão se aproximando. Solta a trilha...

Orçou daquela vez como se fosse a última
Abraçou o pedreiro como se fosse o último
E cada marcineiro seu como se fosse o único
E atravessou a Todeschini com seu passo tímido
Subiu a C&C como se fosse máquina
Derrubou no patamar quatro paredes sólidas
Tijolo sobre tijolo num desenho trágico

E tropeçou nos brinquedos da filha como se fosse um bêbado
E flutuou no ar como se fosse a sanca
E se acabou no chão feito um azulejo pobre
Agonizou no meio da caçamba
Adormeceu na contramão sem saber onde era o quarto

Quem quiser ouvir a música original, clique abaixo.

4 comentários:

Rose Tambasco disse...

Adorei!!! é bem por aí mesmo.

Cléo disse...

Sensacional!!! Ficou perfeita.

Gaby Mendes disse...

Gosto muito dessa música também e sua versão ficou ótima!rsrs

viviane disse...

Rs! Muito boa!