18 de mar de 2011

A ARTE DE NEGOCIAR

Com o avançar da reforma no apartamento 211, algo despertou em mim. Não é o Tigre dos sucrilhos Kellogg's, mas sim a habilidade em negociar preços com os fornecedores dessa obra. A verdade é que as empresas sempre passam valores acima, pois sabem que o consumidor vai barganhar. Mas eu subo um andar a mais e uso técnicas extremistas para conseguir o preço desejado.

Na Todeschini, por exemplo, o gerente da loja estava irredutível em fechar a proposta por R$ 1 mil a menos. Eu levantei da cadeira e falei: “Amanda, pega as coisas e vamos embora”. Ele recuou, mas tentou uma contraproposta. Resolvi apelar e pedi: “Não estou blefando. Vá lá falar com seu deus, que ele consegue”. Batata. Contrato fechado.

Hoje a negociação foi com a Atenua Som, para uma proposta de janelas anti-ruído. Já fui munido de outros 3 orçamentos. A vendedora usou a tática de diferenciar as empresas pela qualidade. E foi além: “essa outra que você está orçando já mudou de dono 5 vezes, quase faliu”. Não titubeei e fui avançando em direção ao desconto desejado. A vendedora estava na rua, me pediu para fazer umas contas (provavelmente calculando em quanto seu lucro seria reduzido). Enfim, mais um contrato acertado. Não antes de ela soltar um “Meu Deus do céu, não acredito que estou fechando nesse valor”.

E tem aqueles fornecedores que bancam logo de cara o preço final e dizem que já estão no limite. Você não fraqueja, agradece e diz que vai pesquisar mais. Bingo! O fornecedor inflexível de outrora passa a te ligar dia sim dia sim para formalizar nova proposta.

E assim vamos montando o 211, economizando reais que serão valiosos mais pra frente. Nos momentos decisivos da compra vale de tudo, incluindo chantagem emocional. Porque na vida nada se cria, tudo se negocia.

11 comentários:

Raphael Gonzalez disse...

É isso ai! tem que chorar MUITO, dinheiro não nasce em árvore.

Abrs,

FurlanFufi disse...

Fabio, se nao for incomodo responder, por qto vc conseguiu a janela da atenua som?

Fabio Chiorino disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cléo disse...

P/ quem começou a vida profissional no telemarketing, vendendo cartão de crédito e conseguiu se sair muito bem, vc pegou umas manhas que passaram a te ajudar em muitos outros setores e situações. Parabéns!!!

Sonia disse...

Tem que ser assim mesmo,pra td na vida tem que ter manha e no quesito reforma, em todos os sentidos, vc e a Amanda vão se tornar mestres.
Qd eu precisar fazer mais alguma reforma em casa,já sei a quem recorrer

Cê Vilanova disse...

concordo com tudo, me vi nesse post! também peço e consigo muitos descontos. Não fosse assim minha obra estaria bem mais atrasada.

Amanda B Ansaldo disse...

Aidna bem que vc negocia bem... pq eu logo fico cansada e acabo querendo parar logo c a compra rsrsrs

Rose Tambasco disse...

ASsim como seu tio Waldir vc pode não entender nada de pendurar quadros na parede mas pra negociar voces tem mestrado e doutorado.Na hora da negociação eu geralmente saio de perto e ele (seu tio) consegue tirar desconto de até coreanos...rsrs

Amanda disse...

kkkkkkkkk
Imagino a cena vc insistindo e vendedor pensando po que cara chato kkkkkkkk
mas é assim mesmo cada centavo tem muito valor nessas horas e temos que pedir desconto simmmmm

@fechiorino disse...

kkkkkkkk vc só esqueceu de dizer quem ensinou essas técnicas para vc!!! Mano Ingrato!!! Mana Fifoca!!

Marisa disse...

Quanto vc pagou na janela anti-ruido do Atenua Som??