12 de abr de 2011

Pintura ou piso. O que fazer primeiro?

por Tatiana Vasconcelos *

Adquiri um apartamento antigão, de 53 metros quadrados. Desconfio que estava sob efeito de alguma substância alucinógena quando visitei o imóvel, porque saí de lá encantada: “Gente, está perfeito! É só me mudar”. *Plim*

Claro que não era perfeito. Óbvio que não era só me mudar.

Notando uma coisinha aqui, outra ali, resolvi reformar. Tudo. Não, quase tudo. E decidi fazer tudo sozinha. Reformar sem ajuda especializada dá trabalho, mas não é nada de outro planeta. Isso se você for uma pessoa minimamente organizada e provida de algum conhecimento da arte. Não é o meu caso. É, foi tudo bem difícil. Está sendo, na verdade. Praticamente um duríssimo teste de sanidade mental e física.

Troca completa de encanamento e fiação elétrica, coloquei abaixo o banheiro com aqueles azulejos de gosto duvidoso e pia diferente do vaso - céus, eu realmente devia estar dopada quando o visitei o imóvel! -, dei um tapa na cozinha e área de serviço (ainda incompletas).

Depois de disjuntores, pastilhas e espelhos para a tomada, a minha mais nova dúvida é: colocar o piso laminado primeiro e depois pintar as paredes? Ou pintar as paredes e só depois instalar o piso? De bate-pronto, a resposta: pintar as paredes sempre por último. Mas acontece que nas diversas empresas de colocação de piso em que fiz orçamento, cada um diz uma coisa. Perdi alguns minutos na internet e também li de tudo. Até pergunta no twitter eu fiz. E adivinha? Os mais diversos “especialistas” em reforma tinham opiniões divergentes.

Os que dizem que o ideal é pintar primeiro argumentam que: - a cor fica uniforme; - se colocar o piso antes, na hora de pintar a parte perto do rodapé pode ficar diferente; - os pintores vão fazer estrago no piso recém colocado; - juram por deus que os colocadores são limpinhos e não vão sujar as paredes novas.

Os que defendem que “é evidente que é melhor pintar depois”, justificam dizendo que: - se pintar antes, a instalação do piso levanta um pó horripilante que vai grudar e fazer uma textura indesejável na sua linda parede recém pintada. - é só cobrir o piso para não sujar de respingo de tinta e ter atenção especial na cobertura dos rodapés. - juram por deus que os pintores são limpinhos e vão ter cuidado com o seu piso.

Tuuuudo isso pra voltar à resposta de bate-pronto. Não muito certa de nada, resolvi que vou colocar o piso primeiro e deixar a pintura das paredes por último. Ainda não comecei. Desejem-me sorte.





* Tatiana Vasconcellos é apresentadora e colunista de cinema na Rádio BandNews FM. Faz o que gosta e gosta de quem sabe o que fazer. Ser humano em reforma...

15 comentários:

Cê Vilanova disse...

bem cada um com a sua opinião... aqui no meu atual apê, primeiro pintamos e depois colocamos o piso, a instalação do laminado é um trabalho limpo, claro se a equipe ajudar! O pessoal que colocou o piso aqui, depois de tudo pronto ainda deu uma limpeza.
Não tivemos problemas com as paredes, e olha que são todas brancas!
Se for colcoar o piso antes, não seria melhor deixar os rodapés para depois da pintura? só uma sugestão!
bjs e sorte!

Nelson disse...

dica de arquiteto:

coloque primeiro o piso, depois forre toda a área onde será pintada com jornal e papelão e nas escadas q os pintores forem utilizar forrar com panos, pronto.

é assim q grandes construtoras fazem.

Cléo disse...

Na minha opinião a decisão de colocar primeiro o piso deve ser mesmo a mais correta. Aqui em casa, mesmo não pintando e sim colocando papel de parede, fui aconselhada a colocar primeiro o piso e os rodapés por último. Boa sorte!

Edson Luis Almeida Viana disse...

Eu pensaria em onde o estrago é pior se for feito depois? Uma parede já pintada, se tiver que sofrer algum reparo, vai ter que ser repintada inteira (pq, uma passadinha de pincel vai ficar em destaque depois). E, umas gotas de tinta no piso, normalmente saem com água e sabão, sem muita dificuldade.

Sobre os rodapés, de verdade, exceto pelo dono da casa perfeccionista, duvido que alguém (que não seja muito chato) fica reparando se tem textura diferente porque foi pintado com pincel ao invés de rolo. Os móveis cobrem boa parte também. Eu mesmo costumo pintar minha casa com mais frequencia do que troco de piso, e dificilmente um rodapé fica tão diferente que destoa na parede. E, se pensar dessa forma, como fica também o "rodateto"? Pra ficar bom, é pintado com pincel, e fica pouco diferente do resto da parede...

Rose Tambasco disse...

Pintar a parede ou colocar o piso primeiro vai do capricho dos profissionais que vão executar os serviços. Mas considere o seguinte: como agora vc esta colocando os dois, tem essa opção mas nas próximas pinturas o piso ja estará colocado e essa sua preocupação de nada adiantará.Voce vai ter que pintar, forrar ou revestir a parede com o piso instalado.

Liz disse...

Oi Tati! Vim conhecer o seu blog e ja vou acompanhar tudo por aqui. Me identifiquei muito com a histórias, mas, no meu caso, herdamos uma casa de 30 anos, em uma localização ótima e super valorizada aqui na city. Então, a ideia foi fazer uma reforma que, na verdade, virou uma reconstrução.

Eu, por exemplo, não segui ordem nenhuma para as coisas aqui. Eu estava com muita pressa para mudar e acabei colocando todo mundo junto e misturado dentro de casa. No seu caso, eu faria primeiro a pintura. Os pintores fazem uma sujeira horrorosa, um poeirão e aqui em casa, o cara ainda deixou cair meia lata de tinta no chão. Sorte que meu porcelanato ainda não estava lá... Depois, foi só fazer o retoque nos rodapés...

Como o seu piso é laminado, acredito que nem terá problema como isso. O rodapé já vem certinho, né?

Bjs e boa sorte!

Sonia disse...

Na reforma da minha casa, deixei as paredes por último e não me arrependi. Basta forrar bem o piso e pedir a Deus pra que o profissional da parede, seja mesmo limpinho e cuidadoso. Vai firme que dá td certo.

Tati Vasconcellos disse...

Oi, Liz.
Obrigada pela visita, mas aqui também sou visitante. rs... o blog é da Amanda e do Fábio, que gentilmente me convidaram pra desabafar sobre minha dúvida mais cruel da atualidade. :)
Eu também me identifico quando passo por aqui.

Obrigada pelos pitacos de todos e mais obrigada a Amanda e ao Fábio pelo convite. Adorei a pia da cozinha! :P

Beijos.

Sra. N disse...

SE a tinta estiver bem seca já, e for de boa qualidade e lavável, toda sujeira do laminado sai, Mas aviso que é um pozinho de madeira cruel.

Colocamos o laminado, pois entramos com as paredes como estavam por pressa, e essas serão pintadas como desejamos só ano que vem. E mesmo sendo com tinta de má qualidade, minhas paredes não ficaram manchadas com o pó.

Mas foi preciso pano seco pra tirar o pó, e depois um pano molhado, só precisa mesmo de disposição para a limpeza...rs

Amanda B Ansaldo disse...

Tati, adorei sua participação aqui!!! Volte sempre!!
Eu faria primeiro a colocação do piso... pq fico imaginando a parede pintadinha e o cara do piso apoiando a mão suja... pq sim, tem pessoas que parecem polvos! É mão na parede o tempo todo!
bjos!!!

CELIA disse...

PENSEI QUE SÓ EU TINHA ESSE TIPO DE DÚVIDA!!!! FOI BOM ENCONTRAR OUTROS MORTAIS COM DÚVIDAS... PRETENDO REFORMAR O APARTAMENTO DOS MEUS FILHOS QUE JÁ ESTÁ VELHINHO, MAS TEM UMA ÓTIMA LOCALIZAÇÃO E ESPAÇO... OBRIGADA PELA OPINIÃO DE TODOS.... TB ACHO QUE COMEÇAR PELO PISO É MELHOR....

Alexandre disse...

Estou vivendo esse dilema. No entanto, o meu apartamento é novo (já veio pintado) e o vendedor do piso me garantiu que não existe serviço perfeito (sempre pode ocorrer algum dano na parede após a instalação dos rodapés e aplicação do verniz). E ocorreu. Vou ter que pintar ou corrigir, o que for possível.

Anônimo disse...

Pessoal, para quem precisa ainda destas informações, deixo aqui as minhas. Quando coloquei o piso laminado nos quartos, a parede estava pintada recentemente, e o cara que colocou os pisos encostou com força o rodapé na parede, danificando a pintura. Acredito que ele tenha feito sem querer e porque eles trabalham rapido. Eu sugiro a pintura por ultimo e com bom pintor. Não dá para economizar no pintor para que ele não pinte as outras coisas....abraços

Valdinei Rodrigues dos reis disse...

Ola.

Sempre gostei de fazer toda a preparação da parede e primeira demão primeiro, depois piso e outras coisas, deixando a ultima demão de tinta para o final.

Assim, qualquer acidente nas paredes pode ser corrigido, e a ultima demão é muito simples, não impactante nos outros acabamentos.

Abs.

EDUARDO disse...

EDUARDO RISSOLI, SOU TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES E SUGIRO O SEGUINTE:
SE É UMA CASA NOVA OU REFORMA DE AP, VAMOS APLICAR MASSA CORRIDA NAS PAREDES, SE FOR COLOCAR MOLDURA DE GESSO, COLOCAMOS AS MOLDURAS E APÓS VAMOS PARA A PRIMEIRA DEMÃO DA PINTURA NAS PAREDES E TETO,ESTE ULTIMO PODE-SE ATÉ FINALIZAR. FEITO A PRIMEIRA DEMÃO DA PINTURA DAS PAREDES COLOCAMOS O PISO. DEPOIS DE COLOCADO OS PISOS FORRAMOS COM JORNAL OU PLASTICO E CONCLUÍMOS A PINTURA COM A SEGUNDA E SE PRECISAR TERCEIRA DEMÃO.
É A ORDEM QUE ACHO SER A MAIS LÓGICA.