13 de jul de 2011

E agora, Maria?

Maria Eduarda está feliz. Assim que entra no apartamento 211, ela corre para conferir a evolução do seu quarto. Sim, só dela. Afinal, a espinha dorsal dessa grande reforma é a criação de um quarto para a nossa filha, que há dois anos divide seus sonhos no mesmo espaço que os pais.

Se você pergunta onde ficará a cama, os brinquedos, as roupas, ela logo vai apontando com os dedinhos miúdos e abrindo o sorriso. Entendeu que estamos a falar de seu novo universo. Quando está bem empolgada, chega a pegar a vassoura para limpar os resquícios de pó espalhados pelo chão. Olha para a parede na cor roxa com orgulho.

Mas é claro que estamos apreensivos. Maria Eduarda nunca soube o que é dormir sem a nossa presença. Dificilmente essa mudança se dará sem obstáculos. O choro deve aumentar nas próximas noites. Como vamos aproveitar e transformar o berço em cama, não duvido que ela promova algumas fugas até o nosso quarto.

Pra nós também será um aprendizado. Perderemos a zona de conforto de levantar os olhos a qualquer hora e conferir se está tudo bem. Até então, uma braçada apenas nos separava. E ainda tem o lado emocional. Você ser acordado com um “papaiiiii” pela manhã vale uma vida. Ver ela atirar o travesseiro pra fora do berço quando deseja sair dali é uma cena impagável.

Sexta-feira está marcado o nosso retorno. Novos ambientes para explorar, novos hábitos para cultivar. O espaço próprio da Maria Eduarda representa uma independência para todos. Será uma noite diferente. A primeira de muitas nesse novo lar. Uma luz ficará acesa no corredor que separa os dois quartos. É uma forma simbólica de dizer que tudo ficará bem.

8 comentários:

Juliana disse...

A Maria Eduarda parece ser uma menina bem esperta! Vai ensinar direitinho o papai e a mamãe a dormirem sem ela!

Cléo disse...

A segurança dos pais é td nessa hora de mudança, e é isso que vcs tem que passar p/ a Maria Eduarda.

Nathalya Carvalho disse...

Ahh boa sorte! Vai tudo da certo =**

Amanda B Ansaldo disse...

Posso deixar ela dormir na nossa cama as vezes???

viviane disse...

Lindo post! Uma feliz vida nova pra vcs!

Sonia disse...

Mais uma mudança na vida, mas vai dar td certo,a Maria vai dar uma lição de independência pra vcs, podem esperar.Casa nova, vida nova e novos hábitos e no fim, td se ajeita.

Rodrigo Borges disse...

Quando eu crescer quero escrever um texto simples e emocionante assim.

disse...

Dormir com os pais atrapalha a maturidade emocional das crianças, mas que é uma delicinha dormir com os pimpolhos isso é !