19 de out de 2011

A vingança contra o Shoptime

Eu tenho uma crença de que boa parte dos problemas causados por fornecedores não é solucionada por preguiça do consumidor. Isso porque as empresas são craques em enrolar as pendências até o ponto em que nós simplesmente desistimos de brigar.

Pois bem, sempre está em tempo de mudar essa escrita. Tivemos poucos imprevistos durante os cinco meses de reforma. O pior deles foi, sem dúvida, com o Shoptime. Compramos uma lava-louça pelo site e eles não tinham o produto em estoque. Lá se foram três meses de troca de emails, que provocaram um atraso relevante na finalização da cozinha. Aí resolvi aproveitar o fato de ser jornalista e de conhecer várias pessoas da área e levei o caso para a grande imprensa. Em menos de 24 horas, o Shoptime entrou em contato para acertar a devolução do dinheiro. Vejam bem: nós queríamos o produto (e não o dinheiro), mas foi a única solução possível diante da incompetência e falta de transparência da empresa.

O Jornal da Tarde continuou acompanhando o caso e me perguntou se eu toparia fazer uma foto para ilustrar a seção de direito do consumidor. Afinal, não estava totalmente satisfeito, uma vez que fui obrigado a procurar outro fornecedor para enfim adquirir o produto. Topei na hora, pois a repercussão editorial é a ferramenta mais efetiva hoje para cobrar direitos e expor todas as deficiências no atendimento e serviços das empresas.

O Shoptime deve ter pensado que tudo não passava de um blefe. O resultado final pode ser visto logo abaixo (clique na imagem para ampliar). Parabéns, Shoptime! Ótimo espaço conquistado na mídia sem esforço algum de sua assessoria de imprensa. A vingança é uma louça que se lava suja.

4 comentários:

* O Mundo de Camila * disse...

Ótima vingança! eu já tive um problemão tbm com a Americanas.com e só consegui resolver depois de ir ao Procon.... é uma picaretagem sem tamanho!!

Rafael Kuvasney Marcolin disse...

certa vez comprei um produto no shoptime e veio outro. Pedi um motoboy para fazer a devolução do produto e eles se negaram. Enviei o produto a eles num sedex a cobrar e - surpresa? - não recebi a devolução do dinheiro. Mais de um ano depois, entraram em contato comigo pedindo desculpas e devovleram minha grana. De qualquer forma, ficou a lição: shoptime nunca mais.

Jorge disse...

Se você comprou um produto que não tinha em estoque, quem garante que o fabricante iria manter esse produto em produção??? O Shoptime é somente um revendedor e não fabrica o que vende, se ofereceram a devolução do dinheiro ou um produto semelhante isso que você deveria ter feito, a maioria dos casos que chegam a delegacia do consumidor é porque o cliente não quer aceitar uma solução com o vendedor, prefere ficar de briguinha em vez de partir para outra, se em 3 meses a loja não conseguiu repor o produto novamente em estoque "Ó RAIOS ELES QUEREM ME PHODER" não o produto saiu de linha simples assim.

Amanda B Ansaldo disse...

Jorge, acho q vc nao leu atentamente ao texto. Só devolveram o dinheiro após envolvermos a imprensa. Outra info importante é q o produto nao saiu de linha, é vendido até hj...
Sugiro que leia novamente o texto.